Passar para o Conteúdo Principal
Hoje
Máx C
Facebook
AguedaTv
Share
RSS

Águeda entre as 12 Cidades Selecionadas para desenvolver o Programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização

02 Ago '17
Laboratorios v2 1 725 999

Águeda conseguiu a aprovação na fase do Concurso de Ideias para o Programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização, passando agora à 2.ª fase que compreende a elaboração do Plano de Ação que será submetido, igualmente, à aprovação do Fundo Ambiental.

A esta fase do concurso foram submetidos 35 propostas, tendo passado apenas 12 para a segunda fase: Águeda, Alenquer, Almada, Barcelos, Braga, Évora, Figueira da Foz, Loulé, Mafra, Maia, Matosinhos e Seixal. As candidaturas foram avaliadas com base nos critérios da excelência, inovação e impacto.

Fomentar a descarbonização das cidades através de soluções tecnológicas, que aumentem a eficiência e reduzam o consumo de energia, e contribuir para criar cidades inovadoras, sustentáveis e inclusivas, que melhorem a qualidade de vida dos cidadãos, são os dois principais objetivos do programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização.

Para Gil Nadais, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, “a recetividade à nossa candidatura demonstra a excelência do trabalho realizado e das políticas para o ambiente e sustentabilidade”.

A primeira fase deste aviso do Fundo Ambiental tem uma dotação orçamental de um milhão de euros, a dividir pelas 12 candidaturas, que irão receber até ao máximo de 80 mil euros cada.

Conseguida a aprovação na segunda fase do concurso, prevista para 2018, o apoio do Fundo Ambiental será de 500.000 euros, verba que servirá para a implementação do Plano de Ação dos Laboratórios Vivos para a Descarbonização.

 

Brochura - Águeda: Laboratório Vivo para a Descarbonização